fbpx

Brasileiros levam às praias de Miami o primeiro carrinho de água de coco

Post on July 13, 2016, 2:16 pm by admin-2 0 Comments

Investimento inicial foi de US$ 50 mil para estar de acordo com as leis da Flórida? carrinho e abridor de coco foram importados do Brasil.

Quando o economista Mario Cebrian, 40 anos, mudou­-se de São Paulo para Miami (Florida) com a mulher e três filhos pequenos em 2014, uma das coisas que ele mais sentia falta era da água de coco que estava acostumado a tomar no Parque Ibirapuera. Com tantos coqueiros no sul da Flórida, não entendia como não encontrava um carrinho com água geladinha.

“A gente olhava tanta quantidade de coco e as pessoas entrando nos postos de gasolina e drogarias para comprar uma versão de caixinha. Isso sempre me intrigou”, conta Cebrian, que resolveu a saudade com uma nova atividade profissional e, no final do ano passado, levou às ruas, pela primeira vez, seu próprio carrinho de água de coco. “O foco, no começo, foi como eu faço para consumir um coco de verdade? Começou com a vontade de tomar uma água de coco decente com esse calor que faz aqui”.

A vontade foi tanta que um dia ele encheu a varanda de sua casa com coco que comprou de um jardineiro que iria jogar tudo fora. “Voltei com o carro quase empinando? 95% dos cocos da Flórida são jogados fora por medo de um processo se cair na cabeça de alguém”.

Ele e um sócio, Mario Caldas, de 52 anos, apertaram as mãos em março de 2015 e começaram a criar o protótipo para o mercado americano com a marca “Only”, no sentido de somente, simplesmente, naturalmente.

Os sócios fizeram um investimento inicial de cerca de US$ 50 mil para desenvolver carrinhos de acordo com os requerimentos do Departamento de Agricultura da Flórida. Eles trouxeram do Brasil a serpentina, ou “gela coco”, o abridor e o próprio carrinho. Foram meses para o equipamento ser aprovado, se tornando hoje o primeiro carrinho de água de coco licenciado e autorizado para operar no estado.

Acabam de contratar o primeiro funcionário fixo e receberam há poucos dias o selo de qualidade “Fresh from Florida”, ou “Fresco da Flórida”, dado pelo Departamento de Agricultura estadual para produtos locais, frescos e naturais. “Acho que, às vezes, as coisas mais simples são as mais geniais, mais inteligentes”, diz Cebrian.

 

Leia o artigo aqui:

http://bit.ly/29ESVRK

Apresentado por Miami Advogado

 

Filed Under:Bens Imóveis